sexta-feira, 18 de março de 2011

Morre o ator Michael Gough aos 93 anos

.
O ator Michael Gough morreu ontem aos 93 anos de causas naturais. Participou de mais de 130 trabalhos no cinema e na TV britânica, e era mais lembrado pelo papel de Alfred Pennyworth, o mordomo do super-herói Batman nos filmes “Batman” (1989), “Batman – O retorno” (1992), “Batman eternamente” (1995) e “Batman & Robin” (1997).
Nascido em 23 de novembro de 1917 em Kuala Lumpur (Malásia), Gough fez sua estreia no cinema no drama “Anna Karenina” (1948). Entre as décadas de 50 e 70 atuou em diversas fitas de terror na Inglaterra, dentre elas “O vampiro da noite” (1958), “Horrores no museu negro” (1959), “Feras assassinas” (1963), “As profecias do Dr. Terror” (1965), “A maldição da caveira” (1965), “Trog, o monstro das cavernas” (1970) e “A casa da noite eterna” (1973).
O ator também esteve no elenco de “Sarabanda” (1948), “O fantasma da ópera” (1962), “Mulheres apaixonadas” (1969), “Júlio César” (1970), “Meninos do Brasil” (1978), “O fiel camareiro” (1983), “Top secret! Superconfidencial” (1984), “Entre dois amores” (1985), “Caravaggio” (1986), “O quarto protocolo” (1987), “A maldição dos mortos-vivos” (1988), “A época da inocência” (19930, “As profecias de Nostradamus” (1994), “A lenda do cavaleiro sem cabeça” (1999).
Em 1972 foi indicado ao Bafta como melhor ator coadjuvante por “O mensageiro”. Por Felipe Brida

2 comentários:

Dilberto L. Rosa disse...

Sem dúvida, era aquele "bom velhinho simpático das telas"... Infelizmente, pouquíssimo conhecido do grande público (eu mesmo, antes desta tua boa postagem, só me lembrava dele em "Lenda do Cavaleiro sem Cabeça", "Top Secret" e "Batman"...

Excelentes palavras sobre "rede Social": incrível como de tempos em tempos passam a endeusar uma obra ou um diretor! Com os kubrickianos "Clube da Luta" e "Zodíaco" no currículo, chega a ser irônico David Fincher entrar para a história com esse "bom filme chatinho"! Fazer o quê...

Excelente blogue, parabéns! Abração e apareça!

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Vi vários filmes com Gough. Era um coadjuvante discreto e eficiente.
Abraços,