domingo, 28 de setembro de 2014

Nota de cinema


A Versátil distribuiu no mercado esse mês três animações imperdíveis de Hayao Miyazaki na "Coleção Studio Ghibli - Volume 2". O box, em Blu-ray e em DVD, contém os seguintes títulos: O castelo no céu (1986), O serviço de entregas da Kiki (1989) e Porco Rosso - O último herói romântico (1992).
Os produtos apresentam o selo exclusivo da Livraria Cultura. Para os fãs de anime, recomendadíssimo!

Confira mais sobre os filmes:


O CASTELO NO CÉU
A menina Sheeta cai misteriosamente do céu nos braços de Pazu, um garoto que mora em um vilarejo nas montanhas. Este encontro leva ambos a uma série de aventuras que resulta em uma busca pela verdadeira identidade dela e por um misterioso castelo no céu.
Áudio original em japonês e legendas em português. 124 minutos.

O SERVIÇO DE ENTREGAS DA KIKI
Ao fazer 13 anos, seguindo uma tradição, a bruxinha Kiki deve se mudar para outra cidade e passar lá um ano morando sozinha em uma espécie de “estágio”. Após achar uma bela cidade à beira mar, Kiki e seu gatinho de estimação tentam se adaptar à nova vida, envolvendo-se em diversas confusões.
Áudio original em japonês e dublado em português; legendas em português. 103 minutos

PORCO ROSSO
Costa do Mar Adriático, início dos anos 30. Marco, mais conhecido como Porco Rosso, é um aviador italiano, caçador de recompensas, que luta contra piratas aéreos. Cansados de serem derrotados por Porco, os piratas contratam um piloto americano para duelar com ele.
Áudio original em japonês e dublado em português; legendas em português. 94 minutos. Por Felipe Brida



sábado, 20 de setembro de 2014

Cine Lançamento


Grandes garotos

Thomas (Max Boublil) acaba de se ficar noivo de Lola (Mélanie Bernier), dois jovens bonitos, de família de classe média francesa. Conhece o sogro, Gilbert (Alain Chabat), um homem desiludido, casado há 30 anos com Suzanne (Sandrine Kiberlain). Numa conversa informal, Gilbert convence Thomas a abandonar tudo para viver altas aventuras pela França afora, como dois garotões. Ambos, motivados pela liberdade e pelo autoconhecimento, partem uma viagem desmedida em busca dos antigos sonhos de adolescência.

A safra de comédias alternativas francesas de 2005 para cá segue numa crescente favorável, atraindo o público brasileiro e americano. Muitas delas, criativas, mesclando gêneros como suspense e drama, devem ser conferidas, como algumas das minhas preferidas, a destacar Fair play (2006), A Riviera não é aqui (2008), Mamute (2010), A gaiola dourada (2013), A grande volta (2013) e a divertida “Grandes garotos”, recém-lançada em DVD pela Paramount Pictures. Parte de uma história nem tão original, a de um homem de meia idade que convence o genro a largar a vida de quase casado, para seguir sem rumo pelo país, em uma aventura cortando cidades e mais cidades. A força atrativa está na alta dose de humor da dupla central, composta por dois bons atores contemporâneos da França, Alain Chabat e Max Boublil. Interpretando personagens com, respectivamente, 55 e 33 anos (idade também na vida real), a partir da metade do filme, quando adotam a liberdade, jogando tudo para cima, “rejuvenescem” como dois adolescentes dispostos a curtir a vida adoidado. Frequentam baladas, conhecem pessoas joviais, usam linguajar apropriado à nova identidade. Porém ambos terão um preço a pagar, não?
Sem vulgaridades, deboches ou brincadeiras de mau gosto (como os americanos poderiam fazer caso tivessem nas mãos um ponto de partida semelhante), a fita independente recebeu elogios da crítica europeia, além de ser bem vista pelo público. Bem agradável, engraçada e com uma história leve, torna-se diversão garantida para toda a família. Conheçam e aproveitem para conferir o bom momento das comédias francesas. Por Felipe Brida

Grandes garotos (Les gamins). França, 2013, 97 min. Comédia dramática. Dirigido por. Distribuição: Paramount

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Morre a atriz Shirley Yamaguchi



A atriz chinesa Shirley Yamaguchi faleceu no último dia 7, de infarto, em sua residência em Tóquio, e a morte só foi anunciada ontem pelos familiares.
Nascida na Manchúria em fevereiro de 1920, adotou o nome de Li Xianglan para trabalhar como cantora e atriz mirim. Aos 18 anos, mudou-se para o Japão, utilizando o nome artístico de Ri Koran e depois Yoshiko Otaka, até ficar conhecida como Shirley Yamaguchi.
Trabalhou por 20 anos no cinema (de 1938 a 1958), em filmes como China nights (1940), Eternity (1942), Shubun (1950, dirigido por Akira Kurosawa), A intrusa (1952, de King Vidor), Muteki (1952), Hoyo (1953) e Casa de bambu (1955, de Samuel Fuller).Foi casada por duas vezes e não deixa filhos. Por Felipe Brida

sábado, 13 de setembro de 2014

Nota de cinema



Melodrama “A culpa é das estrelas” chega nas locadoras


Megassucesso de público e crítica, o drama/romance teen A culpa é das estrelas acaba de chegar nas locadoras em DVD e em Blu-ray. O filme acompanha o relacionamento de dois jovens acometidos pelo câncer, Hazel (Shailene Woodley) e Augustus Waters (Ansel Elgort), que se conhecem em um grupo de apoio. Sensível, emocionante e choroso, conta com uma atuação impecável de Shailene Woodley (que deverá receber indicação ao Globo de Ouro pelo papel). O filme é adaptação do best seller homônimo de John Green e foi um dos vistos pelo público mundial esse ano, rendendo mais de U$ 200 milhões nas bilheterias (13 vezes o orçamento da produção, que foi de U$ 12 milhões), juntamente com Malévola, Noé, Rio 2, X-Men – Dias de um futuro esquecido, Uma aventura Lego  e Capitão América – O soldado invernal. Por Felipe Brida

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Morre o ator Richard Kiel, vilão memorável em filmes de James Bond



Faleceu ontem aos 74 anos o ator norte-americano Richard Kiel, famoso pelo papel de Jaws (Dentes de Aço), memorável vilão em dois filmes da franquia de James Bond – “007: O espião que me amava” (1977) e “007 contra o foguete da morte” (1979). A família confirmou a morte do ator, mas não revelou as causas.
Nascido em Detroit/Michigan, em 13 de setembro de 1939, Kiel iniciou a carreira na TV, em seriados, aos 21 anos. Em cinco décadas de uma consolidada carreira no cinema, atuou em cerca de 40 filmes, como Planeta fantasma (1961), O castelo maldito (1963), Dagger: Caçador de espiões (1968), Skidoo se faz a dois (1968), Golpe baixo (1974), O expresso de Chicago (1976), Comando 10 de Navarone (1978), O humanoide (1979), Amor na medida certa (1981), Um rally muito louco (1984), O cavaleiro solitário (1985), Um maluco no golfe (1996), Inspetor Bugiganga (1999) e emprestou a voz para um dos personagens da animação da Disney Enrolados (2010), indicada ao Oscar.
O ator era conhecido pelo seu tamanho (2,17 metros de altura) e recorrente em papéis de vilões estereotipados. Ele deixa esposa e quatro filhos. Por Felipe Brida

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Nota de cinema



Universal lança, no próximo dia 25, box especial com cinco filmes em Blu-ray de Clint Eastwood, quatro deles como ator e dois como diretor. São eles, todos inéditos em BD no Brasil: Meu nome é Coogan (1968), O estranho que nós amamos (1971), Perversa paixão (1971), O estranho sem nome (1973) e Interlúdio de amor (1973). Imperdível!
(Até que enfim resolvem lançar um de meus preferidos deles, o suspense de primeira "Perversa paixão", com Jessica Walter indicada ao Globo de Ouro no papel de uma fã obcecada por um disc-jockey, que é o coitado do Clint, no filme que ele estreou como diretor). Por Felipe Brida

domingo, 7 de setembro de 2014

Nota de cinema


Lançamentos em DVD e Blu-Ray


Divergente (2014) – Ação, com Shailene Woodley, Theo James e Kate Winslet

Amantes à domicílio (2013) – Comédia, com John Turturro, Woody Allen e Sharon Stone

O menino no espelho (2014) – Aventura, com Lino Facioli, Mateus Solano e Regiane Alves

A grande vitória (2014) – Drama, com Caio Castro, Sabrina Sato e Tato Gabus Mendes

Os homens são de Marte... e é pra lá que eu vou! (2014) – Comédia, com Mônica Martelli e Paulo Gustavo

Capitão América 2: O soldado invernal (2014) - Ação, com Chris Evans, Samuel L. Jackson e Scarlett Johansson

As aventuras de Peabody & Sherman (2014) - Animação americana, dirigido por Rob Minkoff, o mesmo de O rei leão e O pequeno Stuart Little

Não aceitamos devoluções (2013) - Comédia mexicana


Além da fronteira (2012) - Drama israelense