terça-feira, 3 de maio de 2011

Cine Lançamento


As crônicas de Nárnia – A viagem do peregrino da Alvorada


Ao tocarem em um quadro na parede, os jovens Lucy (Georgie Henley), Edmund (Skandar Keynes) e Eustace (Will Poulter) são transportados para o mundo mágico de Nárnia. Os três caem dentro do navio Peregrino da Alvorada e lá encontram príncipe Caspian (Ben Barnes) e o nobre rato Ripchip. Juntos, cruzarão ilhas misteriosas, onde irão enfrentar criaturas míticas, com o objetivo de salvar Nárnia da destruição.

Terceira parte da cinessérie “As crônicas de Narnia”, sucesso de público e crítica no mundo inteiro. É o mais fraco (ou menos bom) até agora (até porque os dois anteriores eram espetaculares), justamente por ter pouca ação, ritmo lento, muito diálogo – por isso a criançada não tem paciência. Por outro lado a qualidade técnica surpreende, notável pela direção de arte e bons efeitos visuais – a das águas que vazam do quadro, no início, surpreende.
Só mesmo quem acompanha as outras aventuras de Narnia irá compreender os detalhes dessa história de fantasias criada por C.S. Lewis (1898-1963), contemporâneo do também inglês J.R.R. Tolkien, que publicaram livros de segmentos parecidos (Tolkien é mais dark com aventuras que beiram o terror).
Indicado ao Globo de Ouro de melhor canção (“There’s a place for us”), este Narnia tem seu charme inegável como fita de magia, de grande produção. Não é o melhor, no entanto garante-se como entretenimento, mais voltado para jovens e adultos.
Dirigido por Michael Apted, de dramas sérios como “O destino mudou sua vida”, “Nas montanhas dos gorilas” e Nell”. Por Felipe Brida

As crônicas de Nárnia – A viagem do peregrino da Alvorada (The chronicles of Narnia: The Voyage of the dawn Treader). EUA, 2010, 113 min. Aventura. Dirigido por Michael Apted. Distribuição: Fox Film

Um comentário:

ANTONIO NAHUD JÚNIOR disse...

Ainda não assisti, Felipe. Mas como gostei das duas outras partes, está na lista.
Abração e apareça

O Falcão Maltês