sexta-feira, 25 de abril de 2008

Cine Lançamento

O Diário de uma Babá

Annie Braddock (Scarlett Johansson) acabou de sair da faculdade, porém está desempregada. Mora com a mãe em um subúrbio de operários em Nova Jersey e vive de solitária, sem amigos ou vizinhos. Num passeio pelo parque, um incidente mudará sua vida ao receber a proposta de trabalhar como babá (nanny) de uma família rica de Manhattan, a família “X”. O que era para ser um trabalho agradável torna-se um verdadeiro inferno para Annie, encurralada nas mãos da neurótica Sra.X (Laura Linney), que faz de tudo para proteger seu filho bagunceiro, Grayer (Nicholas Art).
Comédia simpática, mas nada memorável, de tema já muitas vezes mostrado no cinema. No papel central da babá está Scarlett Johansson, uma atriz limitada, com cara de ingênua e traços infantis. Pensei bem e cheguei à conclusão: apesar de a atriz manter em todos seus filmes aquela expressão inerte, de passividade, a personagem de nanny moleca e azarada, aqui, é de perfeito encaixe a ela. Uma interpretação que não exige maiores esforços. A questão romântica da fita, quando Annie apaixona-se por um jovem atraente apelidado de Gatão de Harvard (Chris Evans), é insossa e sem chances.
Para ajudar na historinha repetida, a sempre excepcional Laura Linney, como a matriarca dos “X” (seu verdadeiro nome só é revelado no final), mulher sofrida, estressada e fria. Mas os motivos para uma personalidade tão difícil vão se revelando aos poucos. E foi neste aspecto que o filme me chamou a atenção: interessou-me mais conhecer os fatos sobre a vida pessoal da tal mulher, como os problemas conjugais, do que a história maior, sobre a babá.
Os diretores Shari Springer Berman e Robert Pulcini rodaram, anteriormente, o interessante, porém pouco visto “Anti-herói Americano” (American Splendor, 2003), também estrelado pelo ator Paul Giamatti (que em “O Diário” interpreta o estranho Sr. X). Tem também ponta da cantora Alicia Keys.
Pode assistir como passatempo, mas não espere grandes novidades. Lançado este mês em DVD.

Curiosidades: O filme é baseado no best-seller homônimo, cujos relatos verídicos foram escritos por duas universitárias que trabalharam como babá em Manhattan, Emma McLaughlin e Nicola Kraus. O livro foi lançado em 2002 e tornou-se grande sucesso de público nos Estados Unidos. Por Felipe Brida

Título original: The Nanny Diaries
País/Ano: EUA, 2007
Elenco: Scarlett Johansson, Laura Linney, Paul Giamatti, Alicia Keys, Donna Murphy, Chris Evans, Nicholas Art. .
Direção: Shari Springer Berman/Robert Pulcini
Gênero: Comédia
Duração: 105 min.

Um comentário:

Alex Sandro Alves disse...

Oi Felipe...

Ainda não vi este filme... Dificilmente vou ao cinema assistir uma comédia romântica (há não ser que minha noiva queira...rs!)...

Pelo seu comentário percebi que você (assim como o Rubens Ewald Filho) não curte muito a Johansson não é mesmo? Eu sinceramente não tenho uma opinião formada sobre ela...

Dois nomes (na verdade três) me chamaram a atenção neste projeto... Laura Linney e a dupla Shari Springer Berman e Robert Pulcini... Dificilmente você vê Linney associada a projetos 'descartáveis'... E em relação aos diretores nunca imaginei que depois de um filme tão original e criativo como 'Anti-Herói Americano', eles fossem entregar uma comédia romântica despretenciosa...

Um grande abraço...