quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Morre o ator John Herbert aos 81 anos

.
O ator brasileiro John Herbert morreu hoje aos 81 anos em São Paulo, vítima de uma enfisema pulmonar. Ele estava internado há 21 dias no Hospital do Coração (HCor).
De descendência alemã, nasceu em 17 de maio de 1929, primogênito de uma família de comerciantes portuários instalados em Santos. Desde pequeno estudou em escolas alemãs, até que nos anos 40 passou a dedicar-se à natação, esporte pelo qual obteve o título de campeão paulista. Formado em Direito no Largo São Francisco (USP), teve o primeiro contato com cinema em 1953, quando foi selecionado pela Companhia Cinematográfica Vera Cruz para atuar na comédia “Uma pulga na balança”, sucesso de público e de crítica. A partir de então descobriu a verdadeira vocação: ser ator.
Conheceu a atriz Eva Wilma durante o programa “Alô, doçura” em 1954, com que se casou no ano seguinte. Durante a união de 21 anos, tiveram dois filhos.
No cinema, Herbert atuou em diversas produções, como “Matar ou correr” (1954), “Candinho” (1954), “Floradas na serra” (1954), “Rio fantasia” (1957), “A grande vedete” (1958), “As cariocas” (1966), “Toda donzela tem um pai que é uma fera” (1966), “Bebel, garota propaganda” (1968), “Corisco, o diabo loiro” (1969), “A guerra dos pelados” (1970), “A super fêmea” (1973), “O caçador de esmeraldas” (1979), “O torturador” (1981), “Retrato falado de uma mulher sem pudor” (1982), “Os bons tempos voltaram: Vamos gozar outra vez” (1985), “As sete vampiras” (1986) e “A hora mágica” (1998).
Participou de dezenas de novelas na TV Tupi e na Rede Globo, como “O machão” (1974), “Gaivotas” (1979), “Água viva” (1980), “Plumas e paetês” (1980), “Vereda tropical” (1984), “Que rei sou eu?” (1989), “Lua cheia de amor” (1990), “O dono do mundo” (1991), “Perigosas peruas” (1992), “O mapa da mina” (1993), “A viagem” (1994), ”Por amor” (1997), “Uga uga” (2000), “Esperança” (2002), “Cabocla” (2004), “Sinhá Moça” (2006), “O profeta” (2007) e “Sete pecados” (2007). Fez participação especial também nas minisséries “Anos dourados” (1986), “Chiquinha Gonzaga” (1999) e “O quinto dos infernos” (2002).
John Herbert também foi produtor de teatro e diretor de cinema. Por Felipe Brida

Um comentário: